Na ‘scapeinmotion acompanhamos regularmente o que de bom se faz na arquitetura paisagista e no desenho urbano. Assim decidimos publicar aqui aqueles trabalhos que nos inspiram como profissionais e que o podem inspirar também a si naquilo que são as ideias para o seu espaço. Hoje partilhamos “The Discovery Garden“.

Resumo

O Jardim Botânico de Wellington, localizado na Nova Zelândia possuía uma área pouco utilizada que foi convertida no “Discovery Garden”, um jardim que funciona como um centro de atividades para crianças e toda a família aprenderem mais sobre o mundo da natureza. A escolha dos materiais usados foi pensada para refletir o tema principal do jardim e as diversas formas como as plantas podem ser úteis. Os materiais vegetais, traduzidos em produtos de madeira, são usados nos muros de contenção, em revestimentos, acabamentos interiores do pavilhão, bancos, pavimentos e ainda para a construção do elemento de água que é feito em bambu.

A equipa projetista trabalhou em estreita ligação com os especialistas do Jardim Botânico de forma a confirmar a variedade de espécies existentes e a determinar os melhores locais para a sua plantação organizando as diferentes coleções em microclimas. Igualmente importante foi encontrar os melhores locais de estadia para os utilizadores, espaços de sombra e confortáveis, equipados com bancos e de melhor acessibilidade. Este jardim deve acima de tudo ser tocado, cheirado, colhido, às vezes cortado e frequentemente escalado. Localizado numa encosta íngreme o desafio rapidamente se transformou em oportunidade, sendo que declives foram trabalhados de forma a otimizar os acessos e a definir áreas de estadia e contemplação.

Ficha técnica

Autor: ISTHMUS
Localização: Wellington, Nova Zelândia
Ano de projeto: 2014-2016
Ano de construção: 2016-2017
Fotografia: ISTHMUS

🔔 SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Se precisar dos nossos serviços não hesite, FALE CONNOSCO, ou então NÓS LIGAMOS! Será um prazer ouvir as suas ideias e dar vida aos seus planos.