Janette Sadik-Khan, ex-chefe dos transportes da cidade de Nova Iorque, explica porque é que ciclovias dedicadas e protegidas são essenciais para construir cidades melhores.

A implementação de ciclovias dedicadas e protegidas nas cidades frequentemente suscita objeções por parte dos condutores de automóveis que, ainda hoje, acreditam que dedicar uma via exclusivamente a ciclistas prejudica o fluxo dos automóveis e cria mais congestionamentos nas cidades. Contudo, cada vez mais casos e estudos mostram que, na realidade, acontece exatamente o oposto: separar os diferentes tipos de trânsito torna as deslocações mais rápidas. O relatório Protected Bicycle Lanes in NYC, elaborado e publicado pelo Departamento de Transportes da Cidade de Nova Iorque, mostra exatamente isso.

Para além desse fator, devem ser ainda considerados todos os restantes benefícios que este tipo de ciclovia garante para a segurança dos ciclistas, estando provado que o risco de acidentes entre ciclistas e peões é mais reduzido nas ruas em que foram instaladas ciclovias dedicadas.

Quando Janette Sadik-Khan foi contratada como chefe dos transportes da cidade de Nova Iorque em 2007, baseou-se no exemplo da Dinamarca e criou a primeira ciclovia dedicada e protegida da América, bem no centro de Manhattan. Esta via dedicada não só tornou a rua mais seguras para quem circulava de bicicleta como também melhorou o fluxo de trânsito dos restantes veículos e estimulou a rentabilidade do comércio local.


Gostou deste vídeo? Então dê uma vista de olhos noutros vídeos que partilhamos no nosso blog ou então no nosso canal no Youtube!

Tem alguma questão? A melhor forma de nos perguntar é usando o formulário de contacto da nossa página de internet. Se preferir também pode deixar-nos uma mensagem privada no Twitter ou no Instagram. Teremos todo o gosto em ajudar!

🔔 SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

📌 Texto original disponível em: <https://www.vox.com> acedido em: 12 de Novembro de 2020.