Na ‘scapeinmotion gostamos de nos manter atualizados sobre o que se passa no país e no mundo. Assim, partilhamos aqui algumas notícias e artigos que, no nosso ponto de vista, podem ser leituras interessantes para si.

O que lhe apresentamos de seguida? Estas são as sugestões de leituras que lhe apresentamos hoje:

👉 Will Steffen: “O principal desafio do século XXI é restaurar a ligação dos humanos à Natureza”
👉 O valor da terra
👉 Parque agroecológico urbano, o shopping da 2ª ruralidade
👉 Ecossistemas contribuem com 234 mil milhões para a economia da UE

Will Steffen: “O principal desafio do século XXI é restaurar a ligação dos humanos à Natureza”

Pensamos que podemos operar independentemente da Terra e que as nossas economias podem funcionar sem limites, com o resto da Terra visto principalmente como um recurso para ser explorado.

Will Steffen: “O principal desafio do século XXI é restaurar a ligação dos humanos à Natureza”

Mas na próxima semana retomaremos as “Conversas da Casa Comum ONU75”. Will Steffen foi, aliás, o primeiro entrevistado desta iniciativa, tendo abordado as propostas da CCH no âmbito do direito internacional (pode ver aqui). Esta semana estão em destaque os seus fundamentos científicos.

O valor da terra

De facto, o valor da “terra – solo” e da “terra – espaço rural” depende muito daquilo que com ela se faz, ou seja, da sua utilização.

O valor da terra

A expressão terra é frequentemente utilizada por todos os que vieram do campo para a cidade, ou para a emigração e também pelos seus descendentes. A terra também pode estar associada ao solo, este último muito mais do que simples poeira, e de uma riqueza incalculável.

Parque agroecológico urbano, o shopping da 2ª ruralidade

O novo conceito de espaço verde, para além de continuar a apoiar-se numa conceção estética que exalta o génio do lugar deverá ser polivalente quanto a proteção, produção e recreação.

Parque agroecológico urbano, o shopping da 2ª ruralidade

Os espaços verdes da cidade do século XXI, mais do que áreas residenciais implantadas como ilhas no interior do edificado, deverão, pelo contrário, organizar-se em corredores que, percorrendo a cidade, permitirão a existência de percursos e espaços de lazer, recreio e desporto livre, até se integrarem nas paisagens tradicionais dos campos limítrofes, constituindo com elas uma estrutura contínua que garantirá a sustentabilidade ecológica e física de toda a região.

Ecossistemas contribuem com 234 mil milhões para a economia da UE

Outros serviços de ecossistemas contabilizados incluem o fornecimento de alimentos, filtragem do ar e da água, polinização, regulação do clima, proteção contra eventos climáticos extremos, como ondas de calor e inundações, e muito mais.

Ecossistemas contribuem com 234 mil milhões para a economia da UE

Este valor, diz o Eurostat, “é comparável ao valor agregado bruto da agricultura e silvicultura combinados”. A purificação da água é o serviço de ecossistema de maior valor agregado. Os ecossistemas contribuem com serviços essenciais tanto para a economia mundial como para a sociedade. Mas quanto vale esse contributo, afinal?


Gostou das nossas sugestões? Se quer continuar com as suas leituras pode consultar outros artigos que partilhamos no nosso blog.

Tem alguma questão? A melhor forma de nos perguntar é usando o formulário de contacto da nossa página de internet. Se preferir também pode deixar-nos uma mensagem privada no Twitter ou no Instagram. Teremos todo o gosto em ajudar!

🔔 SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER